quarta-feira, 20 de julho de 2016

Empresário da Telexfree é torturado e morto

Um empresário foi encontrado morto em um matagal no município de Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetros de Salvador, na tarde de terça-feira (19). Dorian da Silva Santos foi localizado com as mãos amarradas e com marcas de tiros na cabeça, no povoado de Caetano, distrito de Humildes, que pertence à Feira de Santana.

Em entrevista ao G1, o titular da Delegacia de Homicídios, Fabrício Alencar, relatou que a vítima estava com amigos no centro de Feira de Santana, por volta das 15h, quando atendeu a uma ligação e depois "disse que iria sair para resolver algumas coisas". Cerca de uma hora e 30 minutos depois, a polícia foi procurada com a informação de que ele foi encontrado morto no distrito que fica a cerca de 20 quilômetros do centro da cidade.

"Ele estava com as mãos amarradas com um fio preto, tipo de cabo de celular. Tinha alguns sinais de tortura, alguns hematomas no rosto. Espancaram antes de matar", detalhou o delegado. Fabrício Alencar acrescenta que a polícia chegou ao local do crime após relatos de moradores do povoado que escutaram tiros.

"Eles estranharam a chegada de um carro, já que é um lugar que não costuma ter tráfego de veículos. Depois ouviram alguns disparos", contou Fabrício Alencar. Quase sete horas após a localização do corpo, o celular da vítima foi encontrado às margens da BR-324, sentido Feira de Santana. O equipamento foi encaminhado para perícia.

Segundo o delegado, ainda não há informações sobre a autoria e motivação do homicídio. Ele destaca que Dorian da Silva era provável candidato à prefeitura de Serra Preta, a 65 quilômetros de Feira de Santana, e é conhecido na região por ter sido um dos primeiros representantes no estado da Telexfree, empresa que é investigada desde 2013, quando foi acusada pelo Ministério Público do Acre de realizar um esquema de pirâmide financeira sob o disfarce de empresa de marketing multinível. As atividades da empresa foram bloqueadas em 2013.

G1

A Executiva Nacional do PT indeferiu a resolução da Executiva Estadual em relação as alianças para as Eleições 2016.

 
​A determinação do Diretório Estadual do PT da Paraíba sobre a não aliança nas eleições deste ano com os partidos tidos como golpistas, caiu por terra.
Depois de reunião dos representantes da Executiva Nacional do PT, foi decidido por unanimidade que o PT do estado da Paraíba, pode sim fazer alianças com qualquer partido. O Partido dos Trabalhadores decidiu ouvir os apelos de milhares de partidários e filiados do estado da Paraíba, que não tinham gostado nenhum pouco da decisão anteriormente tomada, deixando aqueles que ficaram felizes com a quebra de aliança que ocorreria se assim tivesse sido, com a cara na chão.

Gavião da Paraíba

EM SUMÉ: Idoso acusado de ameaçar vizinhos é preso com arma e munições em sua residência

A Polícia Militar recebeu a denúncia de que o idoso de 68 anos, Miguel Simião da Silva, estaria andando armado e ameaçando a vizinhança da Várzea, no município de Sumé.

A guarnição foi ao local verificar a situação e após adentrar à residência do denunciado encontrou um revólver calibre 32 e 10 munições não deflagradas que havia sido escondidos no guarda roupas do acusado.

O material apreendido junto com o preso foram conduzidos a Delegacia de Polícia de Sumé para os procedimentos cabíveis.

De Olho no Cariri

Homem suspeito de matar esposa manipulou cena do crime, diz polícia

Suspeito tinha posse de arma, curso de atirador e registro da arma usada no crime (Foto: Walter Paparazzo/G1)

O homem suspeito de matar a própria esposa no bairro do Muçumagro, em João Pessoa, manipulou toda a cena do crime e forjou o suicídio da vítima, segundo apontou a perícia da Polícia Civil. As conclusões foram apresentadas na manhã desta quarta-feira (20), mas o crime aconteceu no quintal da casa onde o casal morava na segunda-feira (18). O suspeito, de 30 anos, foi preso na terça-feira (19), nega que matou a mulher e diz que manipulou a cena para tentar salvar a vida dela.

De acordo com a delegada Maria das Dores Coutinho, responsável pelo caso, o trabalho feito pela perícia criminal foi fundamental para descartar a possibilidade de suicídio, levantada inicialmente, e esclarecer o crime como sendo de homicídio. "Pelas características encontradas no corpo, a perícia é clara em dizer que a vítima não tinha como efetuar um disparo na própria cabeça e que o tiro que a atingiu fatalmente foi efetuado à distância", disse.

Segundo o perito Ademar Roberto, quando a equipe do Instituto de Polícia Científica (IPC) chegou ao local do suposto suicídio, a vítima já não se encontrava na posição que estava quando foi morta. "A arma foi encontrada a dois metros e meio da vítima e sem o carregador, em cima de um banco. Além disso, observamos a mancha de sangue que escorreu do ferimento e que não era compatível com o suicídio. Ao analisarmos isso, já fomos descartando essa possibilidade. A cena foi completamente manipulada", disse.

O suspeito, Carlos Eduardo Carneiro, explica que estava dormindo quando acordou com o barulho de um disparo. Segundo ele, a manipulação do local da morte se deu pois ele tentou reanimar a vítima. "Acordei com o disparo e corri para socorrer ela. Ela suspirou no meu braço, eu ouvi o último suspiro no meu braço", disse.

De acordo com Herbert Bosson, que também é perito, um fato importante encontrado pelos peritos foi a inconsistência entre o horário que o suspeito disse ter ouvido o tiro e o horário no qual a vítima realmente morreu. "Segundo consta nos relatos, a polícia foi acionada às 3h50. Quando chegamos lá, por volta das 5h, encontramos uma rigidez cadavérica na vítima de que ela teria morrido pelo menos às 2h. A delegada tem total razão com a preocupação em relação à manipulação do local do crime, uma vez que houve tempo hábil entre o horário da morte e o que a polícia foi chamada", disse.

Motivos para o crime
Segundo a delegada, até esta quarta-feira (20) a polícia acredita que o crime teria acontecido durante uma discussão entre o suspeito e a vítima, mas não descarta a possibilidade do crime ter sido premeditado. "Quando ele fala do que poderia ter motivado o suicídio dela, diz apenas que ela andava meio triste, muito embora a gente acredite que o relacionamento tinha problemas. A vítima cobrava atenção e provavelmente houve uma discussão entre eles", disse.

Ainda de acordo com Maria das Dores, o suspeito tinha posse de arma, curso de atirador e registro da arma usada no crime. No momento da prisão, na casa do suspeito, a polícia encontrou, além da arma registrada, outras pistolas, que não tinham registros. "Na casa dele este arsenal foi encontrado enterrado no jardim", diz.

Morte foi tratada a princípio como suicídio, mas perícia levou a identificar marido como suspeito (Foto: Walter Paparazzo/G1)

G1PB

Carreta desgovernada derruba casa e deixa criança presa em escombros

Uma casa foi destruída por uma carreta desgovernada no povoado de Floresta, às margens da BR-153, próximo de Araguaína, norte do Tocantins. Segundo informações preliminares do Corpo de Bombeiros, apenas uma criança estava no local e ficou presa nos escombros, mas aparentemente sem ferimentos graves. O acidente aconteceu por volta do meio dia desta quarta-feira (20).

Ainda conforme os Bombeiros, o motorista da carreta contou que foi almoçar e deixou o veículo estacionado. O carro desceu um desnível e atingiu a casa, que ficou completamente destruída. As equipes de socorro ainda se deslocavam para o local.

G1

Homens são executados em JP; um em frente a Batalhão da PM

Duas pessoas foram assassinadas no início da tarde desta quarta-feira (20), em João Pessoa. Os crimes aconteceram na Ilha do Bispo e Varadouro.

O último caso ocorre em frente as sedes do 1º Batalhão e do Comando Geral da Polícia Militar. A vítima foi atingida por vários tiros.

Profissionais do Samu e Corpo dos Bombeiros foram acionados, mas chegando ao local, o homem já estava sem vida.

Já na Ilha do Bispo, um jovem identificado pelo pré-nome de Esequiel foi baleado e morreu no quintal da frente de uma residência.

Ainda são desconhecidas as autorias e os motivos dos assassinatos.

Roberto Targino – MaisPB

TCE multa prefeito por elevar obra de escola em 50%

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), através de decisão da 2ª Câmara, multou o prefeito de Pedras de Fogo, Derivaldo Romão (Dedé), por suposta elevação de obra em escola municipal.

Segundo o acórdão do Processo TC nº 09613/14, o prefeito Dedé pagou R$ 72.733,91 a mais, ou seja, a obra deveria custar apenas R$ 69.751,04, e ele teria pago R$ 142.484,95.

O aumento seria de 50%. Diante da elevação, O TCE multou e imputou débito de R$ 648.708,57 ao prefeito Derivaldo Romão.



MaisPB


Mulher atira contra grupo em caminhada na BR-426

Com sintomas de embriaguez alcoólica e armada com um revólver, uma mulher de 51 anos por pouco não provou uma tragédia no final da tarde desta terça-feira, 19, na cidade de Santana dos Garrotes, no Sertão paraibano. Ela disparou em direção um grupo de pessoas que fazia na caminha na pista: os tiros não acertaram ninguém, mas deixaram as vítimas apavoradas.

Segundo informações policiais, as pessoas faziam caminhada na pista da BR-426, na saída da cidade, quando avistaram a mulher a 50 metros de distância. Ela estava armada e começou a disparar contra o grupo, que ficou em pânico, mas conseguiu se proteger dos tiros.

Policiais militares foram acionados e prenderam a mulher e apreenderam a arma, um revólver calibre 32 com três munições deflagradas.

A acusada foi conduzida à delegacia de Piancó, onde será autuada em flagrante pelo delegado José Pereira.

Ela reside no assentamento Juazeiro, onde ficam os sem-terra, no município de Olho D'água, e a informação inicial é que estaria na casa de parentes em Santana. Os primeiros levantamentos da polícia indicam que a mulher não tem inimizade com nenhuma das pessoas alvo dos disparos, e teria efetuado os tiros em função de um desequilíbrio emocional motivado pela embriaguez.

MaisPB (Reprodução autorizada Folha do Vali)

Estudantes de Boqueirão denunciam descaso e superlotação no transporte universitário

Os estudantes do município de Boqueirão, Cariri do estado, estão passando por grandes dificuldades e transtornos com relação ao transporte escolar para Campina Grande. De acordo com os usuários, a prefeitura estaria disponibilizando apenas um ônibus, ocasionando uma superlotação e riscos constantes de acidentes.

Os estudantes já estão convivendo com esse problema há algum tempo. O estudante Augusto Barbosa, de 18 anos, relatou que no final do mês de junho o único ônibus disponibilizado pela prefeitura teria capacidade para 60 estudantes, no entanto, o número de usuários ultrapassou essa demanda. "O único ônibus que disponibilizaram tinha capacidade máxima para 60 pessoas, mas o número de estudantes ultrapassa de forma significativa essa quantidade, gerando desconforto e riscos de acidentes", denunciou.

O estudante Douglas Natã, também de 18 anos, ressalta que é uma falta de respeito, pois na garagem da prefeitura teriam outros transportes escolares para uso exclusivo dos alunos. "Na garagem da prefeitura tem mais ônibus guardados e somos obrigados a passar por essa humilhação", apontou.

Após a denúncia, o Ministério Público da Paraíba (MPPB) disse que iria averiguar as mesmas e notificar a Prefeitura Municipal de Boqueirão. Porém, a quase um mês da denúncia a situação continua a mesma e os estudantes enfrentam as viagens sem nenhum conforto e correndo riscos.



De Olho no Cariri
Paraíba Debate

Médico de Michael Jackson faz revelações chocantes sobre o cantor, saiba tudo!

O recém-lançado livro do ex-médico pessoal do Michael Jackson já está dando o que falar! O Dr. Conrad Murray fez revelações chocantes sobre o rei do pop, que morreu na sua casa em 2009, como a de que ele teria sido obrigado a injetar hormônios durante sua adolescência para retardar a puberdade e manter sua voz.

- Ele já estava muito frágil e parecia ter dificuldade em descrever precisamente o que tinha acontecido com ele. Mas o que Michael disse me deixou com a impressão de que ele tomava injeções, provavelmente hormônios, para retardar sua puberdade, contou o médico ao Daily Mail.

This Is It Murray, nome da publicação, revela também que Michael, que sempre teve uma relação conturbada com seu pai Joe Jackson, teria se apaixonado por uma de suas afilhadas quando ela tinha apenas cinco anos de idade. Além disso, o cantor supostamente se encantou e cogitou se casar com a atriz Emma Watson ao assisti-la em seus primeiros filmes da série Harry Potter.

Msn

Santa Rita, Monteiro e mais 12 municípios paraibanos têm recursos do FPM bloqueados

Quatorze municípios paraibanos correm o risco de não receber o segundo decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) deste mês, previsto para ser creditado nas contas das prefeituras nesta quarta-feira (20).  Essas cidades fazem parte de uma lista de 196 municípios brasileiros que tiveram os recursos bloqueados, de acordo com informações da Secretaria do Tesouro Nacional.


Da Paraíba, estão os municípios de Araruna, Baraúna, Caaporã, Caldas Brandão, Massaranduba, Monteiro, Mulungu, Olho D'água, Piancó, Prata, Riacho dos Cavalos, Salgado de São Félix, Santa Rita e Tacima. As cidades afetadas poderão identificar o repasse no extrato bancário, mas o recurso estará bloqueado para saques, transferências e outras operações.

O bloqueio do FPM geralmente ocorre quando o município não realiza ou atrasa o pagamento do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), ou possui dívidas com o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

Para liberar os recursos, o município deve identificar qual pendência motivou o bloqueio do repasse (normalmente ocorre quando o município possui mais de três guias do Pasep em aberto ou algum débito com INSS) e, em seguida, efetuar a regularização. O bloqueio é realizado todo dia 13 do mês, e pode ser consultado pela página da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) na internet:

Confira a lista dos municípios bloqueados
 aqui.

Blog do Gordinho

Partidos podem realizar convenções a partir de hoje e direito de resposta passa a ser assegurado

A partir desta quarta-feira (20) será iniciado o período para a realização das convenções partidárias que irão referendar os nomes dos candidatos a prefeito e vereador. Em João Pessoa, o primeiro partido a fazer convenção será o PSOL, que terá como candidato a prefeito Victor Hugo. A vice dele será Rama Dantas  (PSTU).

Além das convenções, fica  assegurado o exercício do direito de resposta ao candidato, ao partido político ou à coligação atingidos, ainda que de forma indireta, por conceito, imagem ou afirmação caluniosa, difamatória, injuriosa ou sabidamente inverídica, difundidos por qualquer veículo de comunicação social.

Os partidos políticos que marcaram as convenções para hoje já poderão firmar contratos que gerem despesas e gastos com a instalação física e virtual de comitês de candidatos e de partidos políticos, desde que só haja o efetivo desembolso financeiro após a obtenção do número de registro de CNPJ do candidato e a abertura de conta bancária específica para a movimentação financeira de campanha e emissão de recibos eleitorais.

A realização de enquetes relacionadas ao processo eleitoral passa a ser vedada a partir de hoje.

Blog do Gordinho

Brasil só cria vagas formais de até 1 salário mínimo, mostra Caged

Setor de agronegócios foi um dos que gerou vagas neste ano entre as faixas salariais mais baixas (Foto: Reprodução / EPTV)

Levantamento obtido pelo G1 com o Ministério do Trabalho e Previdência Social mostra que pelo menos desde 2015 o saldo positivo de vagas formais está se restringindo às faixas salariais de até um salário mínimo. Em 2014, houve saldo positivo de vagas até 1,5 salário.

Em maio deste ano, houve o fechamento de 72,6 mil vagas, segundo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Nos cinco primeiros meses do ano, um total de 448,1 mil vagas foram fechadas. Mas dentro da faixa salarial de meio a 1 salário mínimo, única a apresentar saldo positivo de postos de trabalho, foram geradas 96,5 mil vagas até maio.

Já as faixas salariais que mais fecharam vagas em 2014 foram de 1,51 a 2 salários e de 2,01 a 3 salários. Em 2015 o cenário se repete. Neste ano, as faixas com maior saldo negativo até maio são de 2,01 a 3 salários e de 3,01 a 4 salários (veja na tabela).

Setores
De acordo com o Ministério do Trabalho, os setores que tiveram saldo positivo de vagas do último mês do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) dentro da faixa salarial de até 1,5 salário mínimo foram agropecuária, extração vegetal, caça e pesca (40.653 vagas abertas), indústria da transformação (9.190 vagas) e serviços (2.012).

O sociólogo Ruy Braga, professor do departamento de sociologia da USP e estudioso do mercado de trabalho brasileiro, explica que, na década de 1980, o motor da criação de emprego estava concentrado na faixa salarial entre 3 e 5 salários mínimos e associado a empregos mais diretamente ligados à indústria.

Nos anos 1990, com a reestruturação produtiva, globalização, derrubada das tarifas alfandegárias, estímulo às importações, abertura dos mercados e processo de privatização, diz ele, a dinâmica mudou e o emprego criado no mercado formal se concentrou nas faixas acima dos 5 salários mínimos, principalmente nos sistemas financeiro e bancário.

De acordo com Braga, nos anos 2000, especificamente a partir de 2003, houve a criação de 2,1 milhões de empregos formais todos os anos, até 2014, concentrados na faixa salarial de até 1,5 salário mínimo. E a partir de 2015 começou a forte perda líquida de emprego.

Segundo Braga, o modelo de desenvolvimento econômico brasileiro dos últimos 13 anos se estruturou em torno de setores que não são demandantes de força de trabalho qualificada, como o agronegócio, a construção civil, construção pesada e serviços.

O sociólogo diz que o setor de serviços absorveu principalmente a massa de desempregados criada na década de 1990 pela crise do emprego na indústria. "Consequentemente essa massa de novos trabalhadores que foram inseridos em ocupações formais nos últimos 13 anos encontrou um mercado de trabalho que se especializou em multiplicar essas ocupações que não dependem de tempo de formação. Normalmente são empregos que pagam 1,5 salário mínimo na entrada, ou seja, empregos de classe trabalhadora, distribuídos principalmente no setor de serviços, que foi o que mais absorveu essa massa", explica.

Braga cita ainda a indústria do call center, que cresceu exponencialmente nos últimos 12 anos e que agora com a crise passou a demitir. "Mas até então se transformou na principal porta de entrada do mercado de trabalho principalmente para o grupo de trabalhadores mais jovens e que se especializou nesse tipo de emprego que paga até 1,5 salário mínimo, com alguma proteção trabalhista, mas altas taxas de rotatividade e de adoecimento, mas que ofereceu a possibilidade para que os trabalhadores subalternos, principalmente mulheres e negras, pudessem entrar no mercado formal como primeiro emprego, então é uma massa muito jovem que ilustra bem esse tipo de emprego que foi criado nos últimos anos no Brasil", diz.

O sociólogo lembra que a indústria de energia, petróleo e mineração tiveram um crescimento exponencial na década passada, mas entraram em crise com a queda nos preços das commodities nos últimos anos e, com a retração das atividades, passaram a fazer parte da realidade do desemprego. "São setores importantes da atividade econômica, mas não se caracterizam propriamente pela multiplicação de empregos qualificados", afirma.

Quem ganha mais é demitido
Rafael Bacciotti, economista da Tendências Consultoria Integrada, diz que é natural na atual conjuntura econômica as empresas adequarem suas atividades à demanda menor, produzindo mais com a mesma quantidade de pessoas. "Para ajudar a produção e o nível de demanda mais baixo tem o processo de demissão de pessoas que ganham mais. Assim, o salário médio diminui justamente porque o empregador demite pessoas que têm salário maior e recompõe com pessoas menos experientes", explica.

Bacciotti afirma que o emprego privado está caindo e as pessoas estão buscando se recolocar no mercado com outras atividades, principalmente por conta própria, e dentro desse segmento também ocorre diminuição da renda.

O economista afirma que os salários vão achatando principalmente quando as pessoas não têm mais opção no mercado de trabalho. "Dá para esperar aumento de salário se houver melhora no nível de ocupação, mas há fatores estruturais que impedem melhora no rendimento. Tem que melhorar a negociação, mas não dá com tanta ociosidade. Quanto menor a ociosidade, a negociação fica mais fortalecida".

Previsão
Para Braga, o cenário é bastante imprevisível, mas o que seria possível se imaginar para um futuro imediato é que haja uma pequena recuperação em termos de emprego provavelmente no próximo ano, com diminuição da taxa atual de desemprego e um ganho de empregos no mercado de trabalho. "No entanto, essa pequena recuperação não será capaz de recuperar a massa de emprego que foi perdida nesses últimos dois anos. Então a tendência é que o desemprego continue em alta e esses empregos que forem criados nesse momento sejam empregos que reproduzam as mesmas características da última década, ou seja, empregos que pagam muito pouco", prevê.

"Um dos setores que estão sendo mais atingidos pela questão do desemprego hoje é o de serviços, até porque a indústria já passou por um processo de degradação e desintegração de algumas de suas cadeias e de elevação do desemprego e hoje é a vez do setor de serviços desempregar", afirma.

Braga explica que o emprego no setor de serviços é mais barato que o da indústria e, por isso, é um setor muito flexível, pois cria-se muitas vagas e também se desemprega com muita rapidez e a rotatividade é muito alta. Segundo ele, caso haja uma retomada do emprego no país, ainda que discreta, haverá uma reedição do modelo concentrado no setor de serviços como ocorreu nos anos 2000, que continuará sendo carro-chefe desse processo de empregabilidade.

Para o economista da Tendências, o cenário atual do mercado de trabalho não deve melhorar tão cedo. "A gente trabalha com um cenário desfavorável para o mercado de trabalho. A taxa de desemprego tem espaço para aumentar. Há sinais de melhora, mas ainda não se materializaram", diz.

Bacciotti diz que o mercado de trabalho é o último setor a responder num cenário de melhora da economia e prevê volta nas contratações mais para o meio do ano que vem. "Ainda está num processo de contenção de atividade, a confiança está melhorando, a indústria deve voltar a respirar até o ano que vem".

MPs de Temer podem levar TCU a mudar julgamento de Dilma

Meirelles voltou a consultar o TCU sobre a possibilidade de usar MPs para abrir crédito extra - André Coelho/13-7-2016

BRASÍLIA — O Tribunal de Contas da União (TCU) deve dar nesta quarta-feira, em sessão plenária, o quarto aval para o presidente interino, Michel Temer, editar medida provisória (MP) autorizando gastos extras, o que pode levar a uma revisão sobre irregularidades na edição desse tipo de medida pela presidente afastada, Dilma Rousseff. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, voltou a consultar o TCU sobre a possibilidade de usar uma medida provisória para abrir créditos extraordinários, desta vez destinados ao Ministério da Integração Nacional. O voto do ministro relator, Bruno Dantas, será a favor dessa operação.

Ministros do TCU vêm manifestando, reservadamente, não haver diferença substancial entre as medidas provisórias editadas por Dilma e as que o governo Temer defende. Pelo menos três ministros entendem ser uma fragilidade considerar o uso desse instrumento como indício de irregularidade no julgamento das contas de 2015 da presidente afastada.

Em 15 de junho, o plenário do TCU deu 30 dias para Dilma explicar 23 indícios de irregularidades, dos quais cinco estão associados à edição de quatro medidas provisórias que criaram gastos extras de R$ 49,6 bilhões sem levar em conta critérios de urgência e imprevisibilidade. O problema foi detectado pelo Ministério Público junto ao TCU e incluído no relatório aprovado em plenário pelo ministro relator, José Múcio Monteiro.

MINISTROS TÊM DÚVIDA SOBRE MEDIDAS

Ministros manifestam dúvida sobre a manutenção desses indícios, na análise definitiva das contas da presidente afastada. Múcio ainda não decidiu se manterá essas acusações na votação do parecer pela aprovação ou pela rejeição das contas de Dilma.

Depois que o tribunal considerou como indício de irregularidade a edição de medidas provisorias para créditos extraordinários, sem critérios de urgência e imprevisibilidade, o governo Temer passou a consultar o TCU sobre a regularidade dessas medidas que pretendia editar. Temer ganhou o aval do tribunal para assinar medidas provisórias que liberaram R$ 2,9 bilhões ao governo do Rio, com foco na Olimpíada; R$ 1,2 bilhão em auxílios nas taxas de juros de financiamentos do BNDES, situação em que se corria o risco de repetição da prática das "pedaladas" fiscais; e R$ 353,7 milhões para pagamento de despesas da Justiça do Trabalho.

Tribunais do Trabalho ameaçaram parar de funcionar por falta de recursos, diante de cortes promovidos no Orçamento deste ano. A Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) chegou a recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra os cortes orçamentários, mas foi derrotada. O relator do Orçamento que promoveu os cortes foi o deputado Ricardo Barros (PP-PR), hoje ministro da Saúde de Temer. Foi preciso que o mesmo governo Temer recorresse ao TCU para garantir os repasses à Justiça do Trabalho, via medida provisória.

A nova consulta, a ser votada nesta quarta-feira em plenário, foi formulada por Meirelles e pelo ministro de Integração Nacional, Helder Barbalho. Os ministros querem a edição de uma medida provisória para abrir crédito extraordinário destinado a ações de socorro, assistência a vítimas e recuperação de áreas de desastres.

Os ministros alegaram que são medidas urgentes e que as ações devem ser imediatas. O ministro relator da consulta deve concordar com o argumento, mas fazer uma objeção: se não ficar comprovada a urgência dos gastos, as despesas precisam estar previstas na elaboração do orçamento.

MEC QUER CRÉDITO EXTRAORDINÁRIO

Na sessão em plenário de quarta-feira passada, o TCU começou a analisar uma outra consulta do governo Temer, especificamente do Ministério da Educação, sobre a regularidade de edição de medida provisória para abrir crédito extraordinário destinado à área. Entre os gastos previstos está o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O ministro Raimundo Carreiro pediu vista. Ainda não houve uma decisão.

Entre as medidas provisórias de Dilma questionadas no julgamento das contas de 2015, estão gastos autorizados para o Fies (R$ 5,1 bilhões); para o pagamento de auxílio nas taxas de juros de financiamentos do BNDES (R$ 19,7 bilhões); para demandas de média e alta complexidade no SUS (R$ 2,5 bilhões); entre outros. Todas as MPs foram convertidas em lei no Congresso.

— Quem tem de fiscalizar MPs é o Congresso, devolvendo uma MP, por exemplo. E se o TCU decidir analisar urgência e relevância de MPs, daqui para frente, vai virar uma loucura. Este papel é da oposição no Congresso — afirma o ministro Bruno Dantas.

O ministro diz que as consultas feitas não são culpa do governo:

— O TCU não pode paralisar o governo. E as consultas são legítimas porque houve, no julgamento das contas de 2015, um apontamento de irregularidade.

TCE analisa contas de doze Prefeituras e três Câmaras nesta quarta-feira

O Tribunal de Contas da Paraíba vai se reunir, nesta quarta-feira (20), para o exame de 29 processos, 12 deles atinentes a contas oriundas de Prefeituras e três de Câmaras Municipais. Na ocasião, também serão averiguadas as contas dos Encargos Gerais da Secretaria das Finanças, exercício de 2014. A Secretaria de Estado da Saúde tem processo, na mesma pauta, decorrente de inspeção especial ocorrida nesse mesmo exercício.

O TCE verificará as contas de 2012 do prefeito de Manaíra (José Simão de Sousa) e, as de 2013, dos de Aroeiras (Mylton Domingues de Aguiar Marques), São Sebastião de Lagoa de Roça (Maria do Socorro Cardoso), Amparo (José Arnaldo da Silva), Igaracy (Deusaleide Jerônimo Leite), Solânea (Sebastião Alberto Cândido da Cruz) e Cajazeiras (Francisca Denise Albuquerque de Oliveira).

Os prefeitos de Camalaú (Jacinto Bezerra da Silva), Serra Grande (Jairo Halley de Moura Cruz), Mulungu (Joana D'Arc Rodrigues Bandeiras Ferraz), Serra da Raiz (Adailma Fernandes da Silva) e Itapororoca (Celso de Morais Andrade Neto) terão o exame das contas de 2014.

As Câmaras de Vereadores com prestações de contas na presente pauta de julgamentos do TCE são as de Cruz do Espírito Santo (exercício de 2013), Solânea e Ingá (2014, nos dois últimos casos).

O Tribunal de Contas do Estado, órgão presidido pelo conselheiro Arthur Cunha Lima, reúne-se, semanalmente, às quartas-feiras, a partir das 9 horas, com acesso permitido ao público e transmissão ao vivo pela internet (www.portal.tce.pb.gov.br).

Blog do Gordinho

terça-feira, 19 de julho de 2016

Grupo em carro faz tiroteio, mata homem e deixa três feridos no Sertão da Paraíba


Crime aconteceu em Marizópolis, no Sertão da PB

Um homem foi morto e três pessoas ficaram feridas após tiroteio promovido por um grupo que trafegava em um carro na cidade de Marizópolis, no Sertão da Paraíba, a 450 km de João Pessoa, na noite desta terça-feira (19).

Segundo a Polícia Militar do município vizinho de Sousa, que fica responsável pelas ocorrências da região, os criminosos chegaram no veículo a um assentamento de ciganos e efetuaram os disparos de arma de fogo, atingindo um homem que seria o suposto alvo principal, que acabou morrendo, além de outros dois homens e uma mulher, que teriam sido atingidos por se encontrarem no local do crime. Os suspeitos fugiram em seguida para destino desconhecido.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência se deslocou ao local e socorreu os feridos para o Hospital Santa Terezinha, em Sousa. Profissionais do hospital informaram que não tinham autorização para transmitir informações, mas a PM adiantou que os baleados apresentavam quadro clínico estável.

A PM partiu em buscas pelos suspeitos, mas, até as 21h30 desta terça, ninguém havia sido identificado ou detido. As motivações para o atentado não eram conhecidas pela polícia, que também não apurou quantos bandidos faziam parte do grupo responsável pela ação.

Portal Correio

Motociclista amarra ladrão e leva à delegacia

Um motociclista do município de Iguatu, a 384 quilômetros de Fortaleza, conseguiu dominar o assaltante que tentou roubar sua moto, amarrou o ladrão e o entregou na delegacia da cidade, no último domingo (17).

De acordo com a vítima, um homem de 53 anos que não terá sua identidade revelada, ele estava na rodoviária de Iguatu quando o suspeito o contratou para levá-lo até o distrito de Lima Campos, localizado no município de Icó. "Ele estava com duas bolsas, tranquilo, era uma pessoa acima de qualquer suspeita", afirma.

Durante o percurso na CE 282, nas proximidades da Chapada do Moura, o passageiro anunciou o assalto. "Ele colocou um objeto nas minhas costas e avisou que não iria fazer nada comigo, pois queria apenas levar a moto", conta.

Com 18 anos de profissão e enfrentando pela primeira vez uma situação como esta, a vítima surpreendeu o suspeito e não se rendeu. "Aumentei a velocidade da moto, disse a ele que iria colocar por cima de um caminhão e morreríamos os dois, aí ele começou a ficar com medo". Ainda com a moto em movimento, o motociclista colocou as mãos nas costas e percebeu que a possível arma tratava-se na verdade da carteira do suspeito.

Após a descoberta, a vítima parou na margem da estrada, atingiu a cabeça do suspeito com o capacete e pediu ajuda a um carroceiro que passava no local. "Ele ainda tentou reagir, mas segurei as mãos dele e o carroceiro amarrou com uma corda que trazia na carroça", disse.

O motociclista colocou o suspeito em cima da moto e foi deixá-lo na delegacia de Iguatu.
Apesar da atitude, a vítima reconhece o perigo de ter reagido. "Foi impulso, mas tive muita sorte, pois se ele estivesse aramado eu não estaria aqui para contar a história".

Conforme a delegacia da cidade, o suspeito de 23 anos é natural da cidade de Cacoal, no estado de Rondônia, e já responde por furto a uma motocicleta. Ele foi autuado por tentativa de roubo e encontra-se preso na delegacia de Iguatu. A polícia alerta para que a população nunca reaja em caso de assalto. "Foi um fato inusitado, mas nossa recomendação é que não haja reação, para garantir a integridade do cidadão".

G1

Polícia vai investigar Whatsapp por obstrução de Justiça, diz delegado

O delegado da Polícia Civil do Rio de Janeiro Marcos Gomes, titular da 62ª DP, disse nesta terça-feira (19) que o presidente do WhatsApp será investigado pelo crime de obstrução da Justiça. De acordo com o delegado, em informações divulgadas pela assessoria da Polícia Civil, o crime é previsto na Lei de Organização Criminosa.

A declaração foi dada após a Justiça do Rio determinar o bloqueio do app de mensagens em todo o Brasil.

De acordo com Gomes, a delegacia da qual é titular investiga a atuação de uma organização criminosa em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O delegado disse que a investigação é sigilosa e que pediu à Justiça que conversas no aplicativo fossem interceptadas. O pedido foi deferido, mas o aplicativo não repassou as informações requeridas.

"Eles se colocam acima das leis do Brasil. O país está no segundo lugar no ranking de maior usuários no Whats no mundo inteiro. Então, eles oferecem o serviço, lucram com isso e querem ficar às margens das nossas leis?", questionou a juíza responsável pela decisão, Daniela Barbosa, em entrevista ao G1.

Em nota, o Whatsapp disse que espera que o bloqueio seja suspenso o mais rápido possível.

"Nos últimos meses, pessoas de todo o Brasil rejeitaram bloqueios judiciais de serviços como o WhatsApp. Passos indiscriminados como estes ameaçam a capacidade das pessoas para se comunicar, para administrar seus negócios e viver suas vidas. Como já dissemos no passado, não podemos compartilhar informações as quais não temos acesso. Esperamos ver este bloqueio suspenso assim que possível ."

Cariri Ligado

Polícia Federal desarticula quadrilha na Prefeitura de Princesa Isabel

O Ministério Público Federal da Paraíba (MPF/PB), em Monteiro; a Polícia Federal; e a Controladoria Geral da União (CGU); deflagraram, na manhã desta terça-feira, 19, a Operação Cardeiro, para desarticular quadrilha envolvida em desvio de recursos públicos, fraudes em licitações e falsidade ideológica. O esquema era realizado na Prefeitura Municipal de Princesa Isabel, no Sertão da Paraíba. Estima-se em R$ 1 milhão a quantidade de verbas federais desviadas, oriundas do Ministério da Saúde.

A operação ocorre nos estados da Paraíba e Pernambuco, nas cidades de João Pessoa, Princesa Isabel (PB), Salgueiro e Pesqueira (PE). Estão sendo cumpridos dois mandados de prisão preventiva (secretário municipal de Infraestrutura e empresário), sete mandados de condução coercitiva (três engenheiros, três membros da Comissão Permanente de Licitação – CPL e secretário de Administração), 10 mandados de busca e apreensão, três afastamentos cautelares de funções públicas dos membros da CPL, além de medidas de sequestro de bens, todos expedidos pela 11ª Vara da Justiça Federal em Monteiro (PB).

Participam da operação 48 policiais federais, entre delegados e agentes, além de três auditores da CGU e um procurador da República.

Todo o material apreendido e os envolvidos estão sendo encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal (DPF) da cidade de Patos, no Sertão da Paraíba. A partir das 10h00 será concedida uma entrevista coletiva, no plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Patos, para dar detalhes da investigação e fazer um balanço da operação.
Entenda o caso

A investigação, iniciada pelo MPF em Monteiro em julho de 2014, a partir de denúncia da 11ª Gerência Regional de Saúde em Princesa Isabel, da Secretaria Estadual de Saúde (SES), e embasada em relatórios de auditoria da CGU, constatou que a empresa Construarq Empreendimentos e Construções LTDA ganhou duas licitações com suspeitas de favorecimento, em virtude de relações de parentesco entre os proprietários da empresa e o atual secretário de Administração e ex-prefeito de Princesa Isabel, cassado pela Justiça Eleitoral em 2012. Ao fiscalizar a construção de quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS) e 1 Centro Especializado em Reabilitação, orçados em cerca de R$ 5 milhões, constatou-se desvio de aproximadamente R$ 1 milhão. Um dos sócios da Construarq chegou a sacar R$ 141 mil em espécie, dez dias após assinatura do contrato das UBS.

Operação Cardeiro – O nome da operação faz alusão a um cacto bastante comum no Sertão. O vegetal é resistente à seca, assim como a corrupção insiste em perseverar na região, precisando ser combatida com intensidade.

Cariri Ligado

Justiça do Rio manda bloquear WhatsApp

A Justiça do Rio de Janeiro determinou o bloqueio do WhatsApp em todo o Brasil. Uma notificação foi enviada para as empresas de telefonia após o Facebook se recusar a cumprir uma decisão judicial e fornecer informações para uma investigação policial.

A decisão tomada pela juíza Daniela Barbosa manda as operadoras suspenderem o acesso imediatamente. Segundo a GloboNews, as provedoras de conexão foram notificadas da decisão por volta das 11h30.

O Facebook informou que não vai se manifestar e a assessoria do Whatsapp disse que não tem ainda uma posição sobre a decisão. Esta é a quarta vez que um tribunal decide pela suspensão do acesso ao aplicativo no Brasil. Diferentemente das outras decisões, não há um prazo definido para o retorno do serviço assim que ele for bloqueado.

O Sindicato das Operadoras de Telecomunicações (Sinditelebrasil) informou que ainda não tem informações sobre o caso. Procuradas pelo G1, Claro, Vivo e Tim afirmam que ficaram sabendo do bloqueio pela imprensa e ainda não possuem um posicionamento.

'Impossibilidades técnicas'
Segundo Barbosa, o Facebook, empresa proprietária do WhatsApp, foi notificado três vezes para interceptar mensagens que seriam usadas em uma investigação policial em Caxias, na Baixada Fluminense. A juíza acrescentou que a empresa respondeu através de e-mail, com perguntas em inglês, "como se esta fosse a língua oficial deste país" e tratou o Brasil "como uma republiqueta". O Whatsapp diz não cumprir a decisão "por impossibilidades técnicas".

Segundo a decisão, o que se pede é "a desabilitação da chave de criptografia, com a interceptação do fluxo de dados, com o desvio em tempo real em uma das formas sugeridas pelo MP, além do encaminhamento das mensagens já recebidas pelo usuário (…) antes de implementada a criptografia."

O bloqueio anterior do Whatsapp foi em maio de 2016. Outro bloqueio aconteceu em dezembro de 2015, quando a Justiça de São Paulo ordenou que as empresas impedissem a conexão por 48 horas em represália ao WhatsApp ter se recusado a colaborar com uma investigação criminal.

O aplicativo ficou inacessível por 12 horas e voltou a funcionar por decisão do Tribunal de Justiça de SP.

Cariri Ligado

FIZERAM O RAPA: Mercadinho é arrombado na cidade de Serra Branca

Por volta das 12h15 da madrugada desta terça-feira (19), um arrombamento a um mercadinho, foi registrado na cidade de Serra Branca, no Cariri paraibano.

Segundo informações apuradas, o estabelecimento que foi alvo dos criminosos, foi o Mercadinho Pilão, que fica no bairro de mesmo nome e tem como proprietário o comerciante Edilmo Lima.

Os bandidos arrombaram a porta frontal que dá acesso a parte interna do mercadinho e de lá levaram: sandálias de modelo havaiana, biscoitos, refrigerantes, iogurtes, carne, caixas de chocolates, produtos de higiene pessoal, um roteador, moedas, além de 04 aparelhos celulares.

Toda a ação durou cerca de 23 minutos e foi registrada pelo sistema de câmaras, que aponta 04 pessoas participantes.

De todos estes itens citados, apenas o roteador e os celulares não foram recuperados.

A polícia foi acionada e conseguiu prender uma menor que foi conduzida à Delegacia de Monteiro para os procedimentos cabíveis.

Jornalismo Ind FM/ Edna Amorim

Carro tenta desviar de raposa e provoca acidente com uma morte e quatro feridos, na Paraíba


Acidente aconteceu perto da Praça Meio do Mundo

Uma mulher de 35 anos morreu e quatro pessoas ficaram feridas durante um acidente ocorrido na madrugada desta terça-feira (19), na BR-230, nas proximidades da Praça do Meio do Mundo, saída de Campina Grande, que dá acesso as cidades de Pocinhos e Boa Vista, no Cariri do estado.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente foi provocado porque o motorista tentou desviar de uma raposa. O condutor teria perdido o controle e capotado o veículo. No carro estavam dois casais e uma criança.

Segundo a PRF, o grupo tinha saído da cidade de Soledade, no Agreste paraibano, e seguia para a cidade do Recife, em Pernambuco, para fazer tratamento de saúde da criança.

A mulher que morreu no local, segundo a PRF, foi identificada como sendo Elizelma Izabel Silva e Silva, mãe do menino de 4 anos, que seguia para tratamento de saúde em Pernambuco.

Os feridos foram socorridos pelo Samu para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Os pacientes estão na ala vermelha. O estado de saúde até as 7h50 não tinha sido divulgado.

Portal Correio

Acidente envolve três vans que fazem transporte alternativo no Sertão da Paraíba


Nenhum passageiro ficou ferido; eles seguiram viagem em outras vans que fazem a linha Vale do Piancó/Patos
Créditos: Reprodução / Whatsapp

Um acidente registrado nesta segunda-feira (18), na Rodovia BR-361, envolveu três vans que fazem o transporte alternativo de passageiros no Vale do Piancó, e por pouco não se transformou em uma tragédia.

De acordo com o condutor da van que chegou a capotar, o piancoense conhecido pelo nome de Robério de Tico da Bodega, outros dois colegas de transporte, estavam parados no acostamento, em um trecho que liga as cidades de Olho D´água e Catingueira, quando ele tentou fazer a ultrapassagem, porém, segundo ele, um ônibus vinha no sentido contrário e foi inevitável a colisão na traseira de uma das vans. "Fiz todo o possível para evitar o acidente, porém foi tudo muito rápido e acabamos batendo", comentou o condutor que optou bater no acostamento, invés do ônibus.

Por sorte, nenhum passageiro ficou ferido. Eles puderam seguir viagem em outras vans que fazem a linha Vale do Piancó/Patos. As vans haviam saído da cidade de Piancó.

WSCOM Online com Diamante Online

PT da Paraíba decide vetar alianças com partidos que apoiaram o impeachment de Dilma

Em reunião histórica realizada nesta segunda-feira, 18, a Comissão Executiva Estadual tomou uma decisão que terá impacto em todo o estado nas eleições municipais deste ano. Por unanimidade, e em consonância com as deliberações do Diretório Regional, foram desautorizadas alianças com partidos e lideranças golpistas na Paraíba.

Para o deputado estadual Anísio Maia, o PT da Paraíba inicia com esta decisão um importante processo de mudança de rumos. "Só queremos no PT quem tiver compromisso ideológico e programático. A política não pode ser meio de vida. Não vamos perder nossa identidade para eleger alguns vereadores ou indicar alguns cargos. É preferível que nossas lideranças construam o partido na base. Agora saberemos quem são os verdadeiros petistas. Começamos hoje uma verdadeira depuração", disparou o deputado.

De acordo com Anísio Maia, com a decisão de hoje o PT mostra altivez e reafirma seus compromissos históricos. "Aqueles que estavam acostumados com as práticas mais maléficas da política tradicional façam autocrítica ou procurem outro partido".

"A decisão de vetar estas coligações são na verdade uma mudança de orientação política. O PT começou pequeno e não podemos querer ser grandes a qualquer custo. Neste momento o que precisamos é de unidade, qualidade e coerência em nosso partido.  Nossos aliados prioritários são os movimentos sociais e as forças políticas comprometidas com a democracia e os direitos sociais" concluiu.

Leia a Resolução na íntegra:

RESOLUÇÃO POLÍTICA DO PT DA PARAÍBA

O Diretório Estadual do PT da PB, reunido em 11 de Junho do corrente ano, encaminhou a esta Executiva Estadual a análise final do quadro político-eleitoral dos municípios e a construção da melhor tática para o partido nas eleições 2016 em cada cidade, sintonizado com a atual conjuntura política nacional e com as deliberações de nossas instâncias superiores;

O Diretório Estadual do PT da PB determinou, também a não realização de alianças nos municípios de nosso Estado com PSDB, DEM, PPS e Solidariedade nas eleições 2016;

Ainda, que o apoio do PT a candidatos do PMDB deverão ser analisados por esta Executiva Estadual;

DESTA FORMA A EXECUTIVA ESTADUAL do PT PB, REUNIDA NESTA DATA, RESOLVE:

1 – DESAUTORIZAR previamente o provável apoio do PT as candidaturas do PSDB, DEM, PPS E SD nas seguintes cidades: AREIAL, CAMALAÚ, CONCEIÇÃO, PIANCÓ, RIACHÃO DO POÇO, SÃO BENTO, SÃO MAMEDE, SÃO SEBASTIÃO DO UMBUZEIRO, JUAREZ TAVORA e RIACHÃO DO BACAMARTE e em qualquer outro Diretório ou Comissão provisória que por ventura esteja construindo tal aliança;

2 – Da mesma forma, DESAUTORIZAR previamente o provável apoio do PT as candidaturas do PMDB nas seguintes cidades: ALHANDRA, CAPIM, CARRAPATEIRA, CABEDELO, LAGOA SECA, GURINHÉM, LIVRAMENTO, PEDRAS DE FOGO, PILÕESZINHO, SÃO JOSÉ DOS RAMOS, PASSAGEM, SOUSA e TEIXEIRA e em qualquer outro Diretório ou Comissão provisória que também, por ventura, esteja construindo tal aliança;

3 – Ainda, DESAUTORIZAR previamente o provável apoio do PT a candidatos dos partidos signatários ao golpe em curso contra a democracia brasileira. O PT não apoiará candidatos a Prefeito do PP de Aguinaldo Ribeiro, do PTB de Roberto Jeferson e Wilson Santiago Filho, do PSC de Jair Bolsonaro e da Família Gadelha, do PSD de Gilberto Kassab e Luciano Cartaxo e do PRB de Celso Russomano e do Pastor Jutaí;

4 - ORIENTAR que estes Diretórios e Comissões Provisórias busquem construir através dos Encontros Municipais com os filiados, apoios e alianças dentro do nosso campo programático que prioriza os partidos do chamado Campo Democrático e Popular (PDT, PSB, PC do B), bem como os que não apoiaram o Golpe contra a Presidenta Dilma Roussef;

5 – O não cumprimento desta determinação por parte das instâncias municipais implicará nas sanções previstas em nosso Estatuto e Regulamentos do partido.

João Pessoa, 18 de Julho de 2016
EXECUTIVA ESTADUAL DO PT PB

Lewandowski decide que cabe a Teori julgar validade das escutas de Lula


Lewandowski decretou o sigilo dos áudios envolvendo Lula com políticos (Foto: Nelson Jr./SCO/STF)

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, decidiu nesta segunda-feira (18) que cabe ao ministro Teori Zavascki, relator dos processos da Lava Jato na Corte, julgar a validade das escutas telefônicas que flagraram conversas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com políticos com foro privilegiado. Teori, entretanto, só irá analisar a legalidade das escutas a partir de 1º de agosto, quando termina o recesso do Judiciário.

Lewandowski tomou a decisão ao analisar uma reclamação protocolada no STF, no início do mês, pela defesa de Lula, que pedia, entre outros pontos, que as gravações feitas pela Polícia Federal (PF) fossem consideradas inválidas como prova.

A defesa também pedia para que os processos fossem enviados ao Supremo até que se tomasse uma decisão sobre a validade das escutas. Lewandowski, no entanto, negou os pedidos e manteve os casos com o juiz Federal do Paraná Sérgio Moro. A decisão final caberá a Teori.

Os advogados do ex-presidente alegaram na ação que houve "usurpação de competência" por parte de Moro, responsável pelos processo da Lava Jato na primeira instância, na medida em que o magistrado do Paraná teria retirado o sigilo dos áudios "de forma indevida".

As gravações foram divulgadas por Moro em março deste ano. Na ocasião, o juiz federal também divulgou o áudio de uma conversa entre Lula e a presidente afastada, Dilma Rousseff, gravada no dia em que a petista havia nomeado o padrinho político para o comando da Casa Civil.

No áudio, os dois tratavam do envio a São Paulo do termo de posse de Lula para o primeiro escalão. A escuta foi realizada quase duas horas depois de Moro mandar a Polícia Federal suspender as interceptações telefônicas do petista.

A conversa de Lula e Dilma foi divulgada dias após o Ministério Publico pedir a prisão do petista. Teoricamente, o termo de posse daria ao ex-presidente o chamado foro priviliado, o que poderia evitar que ele fosse preso.

O grampo do diálogo entre Lula e Dilma jáhavia sido anulado por ordem de Teori Zavascki. Ao decretar a ilegalidade da gravação, o relator da Lava Jato no STF ponderou que a escuta foi feita após o horário em que Moro havia determinado o fim das interceptações.

Além disso, ele considerou que juiz de primeira instância não tinha competência para analisar o material por envolver a presidente da República, que só pode ser investigada pelo Supremo.

À época, o ministro não havia se manifestado sobre as outras gravações de conversas de Lula com políticos com foro privilegiado, alvo da decisão desta segunda-feira de Lewandowski.

No despacho, o presidente do STF – que analisou a reclamação da defesa de Lula por estar como ministro plantonista do tribunal durante o recesso do Judiciário – determinou ainda que Sérgio Moro separe e mantenha sob sigilo os áudios das conversas do ex-presidente com autoridade que tinham foro no momento em que foram flagradas pelos grampos, entre as quais o ex-ministro da Casa Civil Jaques Wagner.

"Sem prejuízo do regular andamento das centenas de feitos em trâmite perante o juízo reclamado, convém que, por ora, as gravações apontadas como ilegais permaneçam sob sigilo e isoladas dos demais elementos de prova já colhidos nos demais processos em curso na instância de piso, até o exame definitivo da presente reclamação pelo ministro Teori Zavascki", escreveu o presidente do STF.

Lewandowski, por outro lado, negou pedido da defesa de Lula para anular e para suspender a investigação da Lava Jato no Paraná.

"Defiro medida cautelar diversa da requerida, tão somente para determinar que permaneçam em autos apartados, cobertos pelo devido sigilo, o conteúdo das gravações realizadas no processo 5006205-98.2016.4.04.7000, envolvendo autoridades com prerrogativa de foro, até que o ministro Teori Zavascki, juiz natural desta Reclamação, possa apreciá-la em seu todo, sem prejuízo, inclusive, do reexame desta liminar", decidiu.

O presidente do Supremo considerou que era preciso separar as gravações para evitar eventual nulidade do caso no Paraná.

"Verifico que qualquer decisão, proferida, desde logo, pelo juiz de primeiro grau, que esteja fundada nas gravações em apreço, terá o condão de esvaziar o objeto da presente demanda, retirando de seu juiz natural, ministro Teori Zavascki, a oportunidade de decidir qual das duas teses em confronto nesta Reclamação deve prevalecer. E mais grave ainda: uma tal decisão poderá mostrar-se nula de pleno direito, caso venha a entender-se, ao final deste feito, que, de alguma maneira, houve usurpação da competência do Supremo Tribunal Federal", ressaltou Lewandowski.

Moro defendeu validade
Antes de analisar o pedido dos advogados de Lula, o presidente do STF pediu esclarecimentos a Sérgio Moro.

Ao responder a Lewandowski, o juiz federal defendeu a validade de todas as interceptações telefônicas envolvendo Lula. O juiz federal ressaltou que Teori Zavascki anulou a gravação que flagrou conversa com Dilma, mas não invalidou outros áudios.

Por este motivo, afirmou o magistrado paranaense, a solicitação da fedesa do ex-presidente rminado o fim das interceptações. Para o juiz, o pedido da defesa de Lula "não é condizente" com a decisão do relator da Lava Jato no Supremo.

Moro destacou ainda que, em nenhum momento, investigou autoridades com foro privilegiado e frisou que não usará as gravações contra outras pessoas que tenham foro.

"Jamais serão eles utilizados em relação às autoridades com foro por prerrogativa de função, já que quanto a estas, mesmo se os diálogos tiverem eventualmente relevância criminal para elas, caberá eventual decisão ao eminente Ministro Teori Zavascki, ao qual a questão já foi submetida."

Criança morta a pancadas pelo pai em SP foi agredida o dia todo, diz polícia


Rafael, de cinco anos, morreu após ter sido espancado pelo próprio pai em Peruíbe (Foto: G1)

O pai considerado suspeito pela polícia de matar o próprio filho espancado em Peruíbe, no litoral de São Paulo, teria agredido a criança múltiplas vezes durante o dia. De acordo com a polícia, Felipe Araújo afirmou em depoimento que bateu em Rafael, de cinco anos, durante a manhã e também durante a noite.

De acordo com a polícia, Felipe de Jesus Soares Araújo, de 32 anos, espancou o garotoporque ele deu trabalho na hora de comer. O crime aconteceu no dia 15 e o homem fugiu após a PM ser acionada. Ele se entregou à polícia no dia 18 de julho e foi preso em seguida.

Ônibus bate, pega fogo, explode e mata 26 turistas chineses em Taiwan

Investigadores inspecionam ônibus que transportava turistas da China em Taiwan (Foto: Sam Yeh / AFP Photo)

Pelo menos 26 passageiros de um ônibus que transportava turistas chineses morreram depois que o veículo se chocou com a barreira externa da estrada no caminho do Aeroporto Internacional de Taiwan, pegou fogo e explodiu, segundo informa nesta terça-feira (19) o Corpo de Bombeiros local.

Todos os mortos, exceto o motorista, são turistas chineses procedentes da província de Liaoning.

Os passageiros não tiveram tempo de deixar o ônibus antes do início do incêndio e da explosão, afirmou o Corpo de Bombeiros.

O acidente ocorreu hoje às 13h03 hora local (2h03 horário de Brasília), perto do principal aeroporto internacional de Taiwan, cerca de 40 km de Taipé, capital da ilha.

Profissionais cubanos do Mais Médicos serão substituídos após eleições

Próximo do fim do prazo inicial de três anos para participação no Mais Médicos, profissionais cubanos que chegaram ao Brasil em 2013 serão mantidos por mais quatro meses devido às eleições municipais. Em seguida, devem ser substituídos.

A decisão, que contraria tentativas recentes do governo em mantê-los por mais três anos, foi definida após reunião entre o Ministério da Saúde, o governo de Cuba e a Opas (Organização Pan-Americana de Saúde).

A medida vale para os médicos cubanos que vieram ao país nos dois primeiros ciclos de inscrições, e cujos contratos terminam entre julho e outubro deste ano. A estimativa é que cerca de 2.400 médicos ocupem essas vagas.

Aos poucos, Dilma Rousseff começa a fazer sua mudança para Porto Alegre

Há dois meses afastada da presidência da República, Dilma Rousseff já está retirando alguns dos seus objetos do Palácio da Alvorada.

Segundo O Globo, desde que o processo de impeachment começou, há dois meses, Dilma não conseguiu, ainda, obter mais votos de senadores contra a interrupção do seu mandato. Aliados, porém, dizem que é possível reverter o placar.

Desde que o presidente interino Michel Temer restringiu suas viagens, as viagens para a capital gaúcha são as únicas que Dilma continua fazendo em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB). Nas viagens, a presidente afastada sempre leva duas malas com seus pertences de volta à cidade onde morava antes de assumir a presidência.

Enquanto a votação não chega, a petista mantém o discurso de que o Brasil sofre um golpe. "Isso aqui vai ficar registrado como golpe. Dilma está sendo vítima de um projeto de retirada dos direitos trabalhistas. Tenho certeza de que ela será inocentada pela História", disse o senador Lindbergh Farias (PT-RJ).

O senador acredita que a batalha contra o impeachment não está perdida.

Repórter assaltada desabafa e critica ‘postura’ de comunicadores

A jornalista Larissa Fernandes, da TV Paraíba, que teve celular roubado quando fazia matéria sobre a insegurança em Campina Grande, comentou, nesta segunda-feira (18), sobre o drama vivido e lamentou a postura de alguns comunicadores que deram a entender de foi feito sensacionalismo com o caso ocorrido na última quarta-feira (13).

"A nossa indignação no ar não foi em busca de holofotes, nem pra questionar o fato de uma repórter ser assaltada até porque não me sinto diferente de ninguém, apenas não imaginei que algum bandido teria a coragem de me furtar estando com câmera e microfone ligados, e com a polícia a poucos metros de distância", destacou.

Larissa Fernandes também falou o que sentiu ao passar por uma situação que acontece com muitas pessoas no dia-a-dia.

"Quem acompanhou a reportagem viu como tudo aconteceu e pôde observar o meu desespero na hora. Vivenciei aquilo que tantas pessoas me relatam diariamente. Eu já tinha ouvido falar o quanto é ruim ser roubada, mas pude sentir essa sensação de impotência diante de uma violência que parece não ter mais controle na nossa cidade", relatou.

Larissa disse ainda que após o fato, que repercutiu nacionalmente, foi "bombardeada por mensagens e ligações" e virou assunto nas redes sociais. Ela mostrou indignação com o desdenho que o assunto chegou a ser tratado

"Teve gente que sorriu, como se fosse a coisa mais natural do mundo passar por isso. Teve quem disse que a culpa do furto foi minha por usar o celular no meio da rua. Acredite! Mas, tem se tornado comum esse tipo de posicionamento onde a vítima se torna ré, infelizmente", respostou.

Roberto Targino – MaisPB

FOTOS: Apresentadora de TV turbina bumbum e mostra resultado

Segunda colocada do concurso Miss Bumbum em 2013 e atual apresentadora da RedeTV, Eliana Amaral mostrou em uma sessão de fotos o resultado final da cirurgia em que implantou 340 ml de silicone no popô.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Empresário assaltado cinco vezes oferece R$ 5 mil a quem localizar suspeitos, na PB


Cinco arrombamentos já foram registrados na loja

Uma rede de loja de confecções é alvo constante de arrombamentos, em Campina Grande. Nos últimos meses, já foram cinco casos e um prejuízo que chega a R$ 200 mil. O empresário das lojas está oferecendo uma recompensa de R$ 5 mil para quem tiver informações que levem a suspeitos dos crimes. Veja vídeo abaixo

De acordo com o empresário, todos os casos foram registrados pelo circuito de câmera das lojas e as ocorrências foram registradas na Polícia Civil, mas os suspeitos continuam soltos.

"De novembro de 2015 até julho, já contabilizo quatro arrombamentos e uma tentativa. É um caso sério e, pelas imagens de câmeras, acredito que seja o mesmo grupo que esteja praticando os arrombamentos. Estou com o prejuízo de quase R$ 200 mil", comentou o empresário.

Ainda segundo o empresário, os suspeitos teriam levado peças de roupas e que a recompensa é para dar mais agilidade no caso. "Esses bandidos levaram várias peças de roupas caras. Estou oferecendo a quantia justamente para dar mais celeridade e incentivar as pessoas a denunciarem. Podem ligar para o 190 (Polícia Militar) ou 197 (Polícia Civil) e denunciar de forma sigilosa", disse.

 Assista ovídeo Aqui:

Imagens da câmera de segurança das lojas, que foram divulgadas pelo empresário, mostram o momento em que os suspeitos entram no estabelecimento. "Acreditamos que se trate do mesmo grupo criminoso. As ações foram as mesmas e em curto espaço de tempo. Depois dos arrombamentos, coloquei um segurança armado dentro da loja à noite e isso inibiu mais uma ação dos bandidos", contou o empresário.

De acordo com o delegado Cristiano Santana, chefe da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande, a Polícia Civil já está analisando as imagens e trabalha para localizar os suspeitos dos crimes.

Portal Correio

Mulher é presa após espancar mãe doente até a morte no Piauí

Uma mulher foi presa depois de agredir a própria mãe até a morte no Piauí. Na delegacia, Maria de Fátima Carvalho Miranda confirmou as agressões.

"Eu cuidei dela 20 anos, né? Só eu mesmo. Aí ela adoeceu. Aí ela gritava muito. Eu não matei ela. Eu dei uma pancadinha assim pequenininha", disse.

O crime aconteceu na cidade de Cocal da Estação, na região norte do Piauí. Francisca da Silva Carvalho tinha 69 anos e era conhecida na cidade como "Chica Bento". A idosa lutava contra vários problemas de saúde e dependia da ajuda da filha para se alimentar e se locomover

De acordo com o depoimento do filho da suspeita, durante as agressões, Fátima pedia para que a mãe morresse. A delegada que acompanha o caso afirma estar chocada diante da situação. "É um caso absurdo", afirmou.

Durante o depoimento, a filha disse que queria matar a mãe porque ela a "aperreava" muito. Foram ouvidas 12 testemunhas e todas falaram que a mulher espancava a idosa quase que diariamente.

Segundo a suspeita, a idosa sentia fortes dores e gritava muito. Para ela ficar quieta, a filha batia na mãe. Os vizinhos ouviam todas as agressões. Para se defender, a filha argumenta que "não batia com pau nem com nada". Laudos periciais mostram que a idosa tinha hematomas no peito e no rosto.

R7

Mãe diz que professora cortou língua de criança como castigo em creche

A mãe de um menino de quatro anos que estuda em uma escola privada do bairro de Dom Avelar, em Salvador, acusa a professora do garoto de ter cortado a língua dele como forma de castigo. A dona de casa Joátila Bispo disse nesta segunda-feira (18), que a suposta agressão aconteceu na terça-feira (13), após o menino ter mostrado a língua para a mulher.

A mãe afirma que, inicialmente, o menor contou à irmã e a uma tia que teve a lesão após bater a cabeça em uma mesa. Depois, a criança teria mudado a versão e revelado que foi a professora que o agrediu.

Joátila Bispo registrou queixa na Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Contra Criança e Adolescente (Derca) na terça e prestou depoimento à polícia no domingo (17). Uma funcionária disse que, por enquanto, não iria comentar o caso.

Segundo a delegada da Derca Ana Cricia Macêdo, a delegada plantonista Cintia Ilmara, que não foi localizada na delegacia nesta segunda (18), está responsável por apurar a agressão ao garoto. A polícia ainda investiga as causas da lesão e a professora não foi ouvida até esta segunda-feira.

Ele [menino] disse que deu língua a ela e ela cortou a língua dele. Ela [professora] também teria ferido ele na orelha, apertando a orelha com a unha", conta a mãe.

Joátila Bispo afirma que não estava em casa no dia da agressão. A irmã mais velha do menor foi buscá-lo na escola, quando o garoto mostrou a lesão na língua e contou que tinha batido a cabeça na mesa.

Ao chegar em casa, o menino disse a mesma versão à tia, irmã da mãe. "Minha irmã achou estranho e foi atrás da professora. Ela [professora] falou que não sabia de nada [sobre a lesão]", conta a dona de casa.

Joátila diz que o menino foi levado pela tia para uma unidade de emergência em São Marcos, onde uma médica orientou a encaminhar a criança para um hospital, porque o corte era profundo.

A mãe conta que então levou o menor para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde ele passou por uma pequena cirurgia, levou três pontos e foi liberado. A criança também passou por exame de corpo de delito no Departamento de Polícia Técnica (DPT), segundo a dona de casa.

A mãe também acusa a professora de ter trocado o uniforme da criança, que pode ter ficado suja de sangue, a fim de ocultar a agressão. "Trocaram o uniforme dele, com certeza. Porque deve ter melado de sangue. O tamanho é diferente, é maior", diz Joátila. A dona de casa afirma que a professora constrangeu o menor para que ele não contasse à família sobre a agressão. "Ela meteu medo no menino", denuncia.

G1

Charges do dia...


Cariri Ligado

Brasil já registrou 165,9 mil infecções por zika em 2016, segundo boletim

O Brasil já registrou 165.932 casos prováveis de febre pelo vírus da zika no Brasil em 2016, até o dia 11 de junho, segundo novo boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde. Em duas semanas, desde a divulgação do último boletim, foram 4.691 novos casos de zika registrados no país.

Não houve novas mortes de adultos pelo vírus da zika desde o último boletim: há apenas uma morte registrada em 2016 no Rio de Janeiro. Três outras mortes pelo vírus tinham ocorrido em 2015.

O estado com maior número infecções pelo vírus da zika até o momento é a Bahia, com 46.427 casos, seguido pelo Rio de Janeiro, com 46.027 casos.

Já a região com maior taxa de incidência de zika é o Centro-Oeste, com 163,5 casos a cada 100 mil habitatnes. Os estados com maior taxa de incidência são Mato Grosso, Bahia, Rio de Janeiro e Tocantins.

Desde outubro de 2015, o país já registrou 1.687 casos de microcefalia provavelmente relacionados ao vírus da zika.

Dengue
Até 11 de junho, o país tinha registrado 1.345.286 casos prováveis de dengue. Foram 50.703 novos casos em duas semanas, desde a divulgação do último boletim. O número é ligeiramente menor do que o registrado na mesma época no ano passado: 1.379.124. O ano de 2015 foi recordista de dengue: ao todo, foram 1.649.008 casos, maior número registrado na série histórica, iniciada em 1990.

As regiões Centro-Oeste e Sudeste têm as maiores taxas de incidência de dengue: 949,9 casos por 100 mil habitantes e 940,6 casos por 100 mil habitantes respectivamente.

Em 2016, foram confirmadas 318 mortes por dengue e 511 casos de dengue grave. Apesar de o número de casos da doença estar quase tão alto quanto no ano passado, o número de mortes diminuiu 57,7% em relação a 2015.

Chikungunya
Foram 137.808 casos prováveis de chikungunya no país até o dia 11 de junho. Em duas semanas, desde o último boletim, foram registrados 15.046 novos casos.

A região com maior taxa de incidência da infecção foi o Nordeste, com 213,2 casos por 100 mil habitantes. Só este ano, foram confirmadas 17 mortes por chikungunya, principalmente entre idosos. A mediana da idade das vítimas foi de 69 anos.

Em 2015, o país tinha registrado 38.332 casos prováveis de febre de chikungunya.

Cariri Ligado

Grupo é detido em festa de torcida organizada do Treze com drogas e armas, na Paraíba


Flagrante na torcida organizada do Treze

Seis homens foram presos e um adolescente apreendido durante uma festa da torcida jovem organizada do Treze Futebol Clube, em Campina Grande. O caso aconteceu nesse domingo (17), em uma granja no Bairro das Nações.

A Polícia Militar foi acionada depois de receber uma denúncia anônima informando que alguns participantes do evento estariam consumindo drogas e armados. Viaturas da PM foram até a granja e quando chegaram à portaria, os portões foram fechados e algumas pessoas fugiram.

Os policiais conseguiram entrar no evento e deter alguns participantes. No local, os policias conseguiram apreender diversos fracos de uma droga de fabricação clandestina, feita à base de éter, clorofórmio e essência perfumada, chamada de 'loló', além de maconha, três revólveres e uma espingarda calibre 12.

Os detidos foram autuados por tráfico de drogas, porte ilegal de arma e os adultos vão responder por aliciamento de menores. O grupo foi levado para a Central de Polícia Civil, em Campina Grande.


Portal Correio

Câmera flagra jovem sendo assassinado e fuga dos suspeitos em João Pessoa


Dupla fugiu em moto após o crime

Dois assassinatos foram registrados na noite desse domingo (17), em bairros de João Pessoa. Nos dois casos, a Polícia Civil confirma que os crimes tratam de execução. As vítimas foram mortas a tiros.

Por volta das 18h30, Diego Silva, 19 anos, foi assassinado a tiros na rua Professor Barroso, no bairro de Mandacaru. A vítima jogava baralho quando dois jovens em uma motocicleta pararam ao lado do rapaz e efetuaram cerca de seis tiros nas costas do garoto.

Houve uma correria, mas as pessoas que estavam no local do crime não foram atingidas pelos disparos. O jovem morreu antes de receber atendimento médico. Os suspeitos fugiram e foram filmados pelo circuito de câmera de uma casa lotérica. As imagens deverão ajudar na elucidação do caso.

 Veja vídeo aqui:

No bairro de Mangabeira, um homem foi morto depois de ter atingido por vários tiros. De acordo com o delegado Carlos Othon, plantonista da Delegacia de Homicídios, um homem encapuzado invadiu o barraco onde a vítima morava com a esposa.

"Como o alvo não estava, o criminoso rendeu a mulher e ainda deu coronhadas dela. Ele ficou esperando o homem voltar e quando o rapaz retornou foi atingido por vários tiros. A vítima foi socorrida para o Complexo Hospitalar Ortotrauma, o Trauminha, mas morreu", confirmou o delegado.

Os corpos foram levados para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa. Os suspeitos não foram presos.

Portal Correio

Morrem vítimas da explosão de gás de cozinha em casa na Paraíba


Casa ficou destruída

Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande confirmou a morte das duas pessoas que tiveram queimadas graves em decorrência da explosão do botijão no domingo (10), no bairro da Liberdade, em Campina, no Agreste do estado.

De acordo com a unidade de saúde, a dona da casa de 29 anos, que teve 70% do corpo queimado morreu no domingo (17), depois de sete dias internadas na UTI do setor de queimados do Trauma-CG. Um homem, de 36 anos, que foi tentar conter o vazamento, mas foi atingido na explosão morreu nesta segunda-feira (18).

Segundo vizinhos, a dona da casa sentiu que o botijão estava escapando gás e chamou o vizinho para auxiliar no conserto da mangueira, foi quando houve a explosão. Os dois foram atingidos pelas chamas e ficaram feridos.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a estrutura da casa também foi bastante atingida, além de três carros que estavam estacionados na garagem e nas proximidades da casa. As duas pessoas que tiveram queimaduras foram levadas para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, mas não resistiram.

Portal Correio

Polícia registra dois assassinatos na noite desse domingo, em João Pessoa

A Polícia Militar registrou o assassinato de dois jovens na noite desse domingo (17), nos bairros Mandacaru e Mangabeira, em João Pessoa.

O primeiro caso aconteceu no início da noite, nas proximidades do Mercado Público do Bairros dos Estados. Um rapaz identificado como Diego Silva foi atingido com disparos de arma de fogo, enquanto jogava baralho com amigos, e morreu no local.

Já em Mangabeira, Wesley de Sousa, teve a casa invadida por dois homens e foi ferido a tiros. Ele ainda foi socorrido para o Hospital Ortotrauma, no bairro, mas não resistiu aos ferimentos e morreu instantes depois.

MAISPB

Incêndio atinge campus da UFCG em Cajazeiras, no Sertão da PB

Um incêndio atingiu, por volta das 15h deste domingo (17), uma parte do campus da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). (Foto: Diário do Sertão )

Um incêndio atingiu, por volta das 15h deste domingo (17), uma parte do campus da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) em Cajazeiras, no Sertão da Paraíba.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, as chamas começaram a ser combatidas pela equipe no início da tarde, mas à noite novos focos surgiram com mais intensidade.

O local do incêndio é próximo às salas de aulas da Escola Técnica que fica dentro do campus e também de um local onde animais sem lar são cuidados.

ClickPB

Carro capota na entrada do Distrito de Santa Luzia do Cariri; motorista apresentava sinais de embriaguez

Foi registrado na noite deste domingo (17), um acidente na BR – 412, na entrada do Distrito de Santa Luzia do Cariri. De acordo com as informações, um homem conhecido como Gonzaga, estava conduzindo um carro Scort azul e placa LIO 2066 de Serra Branca e perdeu o controle do mesmo, vindo a capotar e cair em um barranco.

Também havia outro homem no carro, que não foi identificado. A principio eles foram socorridos por moradores do Distrito e logo após a Samu chegou ao local. Ambos sofreram escoriações.

O delegado Dr. Yure Givalgo esteve no local do acidente e ficou constado que o motorista apresentava sintomas de embriaguez. Gonzaga foi preso e autuado por direção perigosa.

De Olho no Cariri
Com Juliana Travassos e Jacqueline Oliveira

Terrorismo e atos de violência racial e contra policiais ofuscam encontro do Partido Republicano

Preocupação extra. O morador Steve Thacker carrega um rifle e uma pistola numa praça em Cleveland, onde é permitido andar com armas em público - JIM URQUHART / JIM URQUHART/REUTERS

WASHINGTON — O quarto crime que choca os Estados Unidos em duas semanas e o ataque terrorista na França, quinta-feira, ampliam a tensão da convenção republicana, que começa nesta segunda-feira em Cleveland (Ohio). A cidade de 400 mil habitantes, que espera receber 50 mil pessoas para o evento político, vive um clima de guerra, com forte reforço policial e de agentes do FBI (a polícia federal americana). A convenção já gerava preocupação extra por causa de uma quantidade maior de protestos devido às declarações polêmicas de Donald Trump, que deve ser confirmado candidato da sigla à Casa Branca.

— As coisas que acontecem em todo o país e no mundo afetam como responderemos aqui — disse Calvin Williams, chefe da polícia local em entrevista à CBS News. — Parece que todo mundo está vindo para Cleveland realizar protestos.

MAIS BLOQUEIOS NAS RUAS

Desde sábado, uma série de manifestações — pacíficas — está ocorrendo na cidade. Já estão na região grupos de nacionalistas negros, defensores da supremacia branca, anarquistas, ativistas gays e do aborto, feministas, religiosos, imigrantes e grupos contrários ao aborto. Além dos 1.500 policiais da cidade, ao menos dois mil agentes de todo o país foram deslocados para garantir a segurança da convenção, que vai até quinta-feira. Diversos bloqueios foram montados nas ruas de Cleveland — medida reforçada após o ataque na França, quando um caminhão invadiu uma avenida reservada a pedestres, matando 84 pessoas.

— Você tem uma tempestade perfeita em Cleveland por questões envolvendo raça, religião, etnia, nacionalidade e orientação sexual. Nunca vi tantas questões com potencial de confronto ao mesmo tempo — disse Erroll Southers, diretor do programa de Extremismo Interno Violento da Universidade do Sul da Califórnia à "Voice of America".

Segundo a Associated Press, um homem nos subúrbios de Cleveland chamou a atenção à tarde ao andar nas ruas com um rifle semi-automático nas mãos, exibindo também uma pistola no coldre. Havia o temor de que mais pessoas exibissem armas, o que poderia elevar a tensão. O presidente do sindicato local dos policiais, Steve Loomis, disse que o governador de Ohio, John Kasich, deveria declarar estado de emergência para suspender a permissão de exibição pública de armas.

O governador, contudo, não tomou a medida. Apesar de republicano, não discursará na convenção, indicando sua rejeição ao nome de Trump. Ele participaria na noite de domingo, em Cincinatti (também em Ohio), do encontro nacional da NAACP, a mais antiga associação dos direitos dos negros nos EUA. A democrata Hillary Clinton tem discurso previsto para esta segunda, levando o debate racial de vez ao estado.

A tensão cresce alimentada por Trump. Ele já fez declarações ofensivas a imigrantes, mulheres, muçulmanos, portadores de deficiência física, entre outros grupos. Para muitos, é o candidato dos brancos. Segundo pesquisas, tem cerca de 10% dos votos dos negros, num sinal da radicalização racial do país.

No domingo, o candidato voltou a usar a nova tragédia para pedir votos. Desde a recente onda de violência, ele se coloca como candidato "da lei e da ordem" e é favorável à liberdade das armas. "Estamos aflitos com os policiais em Baton Rouge. Quantos agentes da lei e pessoas têm de morrer por causa de uma falta de liderança no nosso país? Exigimos lei e ordem", afirmou Trump no Facebook. No twitter, disse que Obama "não tinha uma pista" do que ocorreu em Baton Rouge, e que a situação "só vai piorar". "Estamos tentando lutar contra o Estado Islâmico, mas nossa própria população está matando nossa polícia. O país está dividido e fora de controle, e o mundo está assistindo isso".

Hillary, por sua vez, publicou nota alinhada ao discurso de Obama sobre a tragédia contra policiais na Lousiana: "um ataque contra policiais é um ataque contra todos nós".

Pesquisa divulgada neste domingo pela ABC e pelo jornal "Washington Post" aponta a democrata com 47% das intenções de votos, contra 43% de Trump no levantamento realizado entre 11 e 14 de julho. Os números indicam que sua liderança está mais apertada: na pesquisa da ABC/"Washington Post" de 20 a 23 de junho, Hillary tinha 12 pontos à frente.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...